Longe de ser Commodity, União mostra com doçura a receita para construir uma marca forte entre os operadores Foodservice.

Com 51,1% de lembrança espontânea, o açúcar União obteve o maior percentual desta edição da Top Foodservice, seguido pelo açúcar Caravelas (13,2%) e Cristal (9,7%).

De um teto de 4% partem as marcas Guarani, Da Barra, Itamarati e Alto Alegre. Outras respostas representam 12,2% e apenas 0,5% não soube responder.

A líder União oferece uma linha de açúcares Clássicos (Refinado Especial, Cristalçúcar e Premium em saco, cubos e sachê); Culinários (Glaçúcar e Doçúcar); Naturais (Orgânico em saco e sachê, Demerara e Demerara Naturale); Fit (União Fit em saco e sachê); Adoçante (Sucralose Líquido e sachê). 

Como soluções para o foodservice, venda de embalagens em dimensões especiais e sachês vendidos em caixas.

Sob a marca União há também linha de misturas para bolo, disponível em oito sabores diferentes. Mas a grande novidade da marca no ano foi relançamento do Café União, nas opções Tradicional e Extraforte, após mais de duas décadas de ausência de mercado.

Fundada por italianos imigrantes em 1910, a União nasce literalmente como uma união de pequenos refinadores de açúcar, de modo a garantir força de mercado e aprimorar a qualidade do produto.

Toda linha de açúcares da líder União

Com uma acertada estratégia de comunicação, que incluía patrocínios nos programas de rádio e anúncios em jornais de grande circulação, a União fortaleceu sua posição no mercado.

O universo foodservice não é novo para a marca, que lançou seu pacote de 5kg em 1949 – justamente para atender as demandas do comércio.

Na década de 1950, a União começou a publicar receitas em suas embalagens, para, na década seguinte, começar a se dedicar a publicar livros de receitas que são sucesso até hoje.

Algumas destas publicações foram recuperadas e digitalizadas, encontrando-se disponíveis no site da marca.

Em 2012, a União foi comprada pelo grupo Camil, que além da marca própria de grãos também é dona da Coqueiro, de pescados enlatados, que havia sido adquirida um ano antes.

Nos últimos anos, o Grupo Camil também adquiriu as marcas Santa Amália de macarrão e a Mabel, fabricante de biscoitos.